icon Sábado, 23 de Fevereiro de 2019

SAÚDE & BEM ESTAR - A | + A

MEDICINA 07.02.2019 | 16h:25

Marca de suplemento de moringa oleífera é proibida no Brasil

O produto Vitaringa Moringa foi vetado pela Anvisa por falta de registro. A empresa que o comercializa sequer tem autorização para funcionamento

Por: Saúde é Vital

Mitch Hrdlicka/Getty Images

Mitch Hrdlicka/Getty Images

Uma planta chamada moringa oleífera está na boca do povo – principalmente na forma de chá ou como suplemento. Mas tenha cuidado: a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) proibiu a venda de um desses produtos. Trata-se do Vitaringa Moringa em cápsulas.

 

Segundo a entidade, o fabricante apresentava alegações terapêuticas e benefícios contra certas doenças por meio de um site, mas não possuía registro na Anvisa. Ou seja, ele não forneceu informações básicas sobre o tal Vitaringa – o que dificulta qualquer fiscalização ou análise sobre segurança e eficácia.

 

Fora isso, a Anvisa afirmou que a empresa Vitaringa Suplementação Eireli não tem autorização de funcionamento. Tudo isso já está notificado no Diário Oficial da União.

 

E um recado final da SAÚDE: por mais tentador que pareça, nunca compre cápsulas e suplementos sem antes conversar com um profissional de saúde. Até porque mesmo os chamados “remédios naturais” podem trazer reações adversas ou interagir com outros medicamentos.

 

 

 

VOLTAR IMPRIMIR

COMENTÁRIOS

logo O bom da notícia

Copyright © 2018 - O Bom da Notícia - Todos os direitos reservados Logo Trinix Internet