icon Sábado, 23 de Fevereiro de 2019

SAÚDE & BEM ESTAR - A | + A

DIZ PESQUISA 01.02.2019 | 16h:06

Beber cerveja aumenta número de picadas de mosquito

Por: F-SP

Divulgação

Divulgação

Beber cerveja atrai mosquitos sugadores de sangue. Essa é a conclusão de dois estudos citados em uma reportagem da BBC publicada ontem.

Disso eu sempre soube.

 

Quando viajo à praia ou ao mato, sou eu o alvo preferencial de pernilongos e borrachudos. Já fui devorado na Amazônia Ocidental e na Ilhabela Oriental. No norte do Rio Grande do Sul e no sul do Rio Grande do Norte. O repelente parecia não funcionar. Algo me dizia que o consumo colossal de cerveja tinha algo a ver com isso.

 

Faltava descobrir a razão do fenômeno.

 

Eu cheguei a pensar que o álcool eliminava, na urina e no suor, substâncias naturalmente repelentes. Tomei cápsulas de complexo vitamínico. Além de continuar sendo picado, fiquei fedorento.

 

Eis que, de acordo com os estudos citados no texto –um feito no Japão, e outro em Burkina Faso– é o inverso que acontece. O problema não está naquilo que o álcool elimina: a birita atrai os insetos lazarentos.

 

Os pernilongos acham apetitosas as peles besuntadas de suor alcoólico. E mais: os cairomônios, sustâncias também encontradas no suor dos cervejeiros, podem ser outro fator de atração dos bichos.

 

Ou breja: beber na praia aumenta o risco de dengue. Mas para que ir à praia sem poder tomar cerveja.

 

Esse é um dilema que cabe à ciência resolver.

VOLTAR IMPRIMIR

COMENTÁRIOS

logo O bom da notícia

Copyright © 2018 - O Bom da Notícia - Todos os direitos reservados Logo Trinix Internet